ESTRADA DO INFERNO II – Estrada João de Oliveira Remião,…”esbórnia” no Trânsito na Região lomba do pinheiro

 

“MAQUIAGENS E EMPECILHOS AO TRÁFEGO DE VEÍCULOS, AO INVÉS DE QUALIFICAÇÃO PARA SEGURANÇA DOS MOTORISTAS E PEDRESTES, COM EDUCAÇÃO PARA O TRÂNSITO”

* Plano de Obras públicas e infra Estruturas regionais, Controle de ocupação do solo, Controle da densidade populacional, Oferta de (Opção) Ocupação Individual e Coletiva, Geração de Trabalho e renda, Formação com Cursos rápidos profissionalizante, Opção de Lazer com espaços adequados, Melhoria na Mobilidade individual e Coletiva, Resgatar com Dignidade: Moradia/Saneamento Básico/Educação, Transporte Coletivo, … MONITORAMENTO (determinação da Lei 434/1999, Referendada na LEI 614/2011, PDDUA)

CIDADANIA PLENA é toda a população ter a GARANTIA DE ACESSO a todos os bens como direito Irrestrito, (constituição federal do brasil).

* LEI Nº 630/2009 – Operação Urbana Consorciada da região Lomba do Pinheiro, e Comitê Gestôr  ART. 19 e 20, (ESTATUTO DAS CIDADES LEI Nº 10.257/2001.)

ESTRADA JOÃO DE OLIVEIRA REMIÃO, (breve histórico) uma estrada aberta nos primórdios da ocupação da região Lomba do Pinheiro, (antigo arraial do belém novo) como interligação a Estrada Passo da Batalha e o Município de Viamão, que teve sua serventia Básica para a população enquanto tinha suas caraterísticas RURAIS e muito rarefeita, com o crescimento populacional do município de Porto alegre (capital do RGS) automática-mente houve uma expanção “natural” na ocupação do solo nas chamadas “periferias”, onde a ocupação do solo na região lomba do pinheiro foi pressionada pelo ALTO PREÇO DA TERRA nas áreas mais consolidadas, onde as FAMÍLIAS POBRES com seus baixos poder aquisitivos somente ali poderiam comprar um lote para morar, além de acontecer este ÊXODO URBANO nos anos 80,90,… no ano de 1994 foram ANEXADAS MAIS VILAS a região, pertencentes ao município de Viamão, acelerando esta ocupação regional quando houve as ocupações irregulares dos loteamentos e áreas, Nova Serra Verde, Recreio da Divisa I e II, as famílias oriundas da área do EX. Estaleiro só S/A, a EX. área da família Chaves Barcellos Quinta do Portal e ocupação santo antônio, a Cooperativa 4 de Junho, a ocupação (área ambiental em frente ao cemitério jardim da Paz) na PD. 02, as várias cooperativas habitacionais,ETC.  e no momento Atual O BOOM POPULACIONAL DO PROGRAMA “MINHA CASA MINHA VIDA”, complementando este “Inchaço Populacional””com os empreendimentos de classe média que estão em obras, alguns já estão sendo ocupados, e mais uma SÉRIE DE EMPREENDIMENTOS QUE ESTÃO EM PROCESSO DE TRAMITAÇÃO LEGAL NA SPM e que irão natural-mente AUMENTAR A DENSIDADE POPULACIONAL REGIONAL, CAUSANDO INÚMEROS IMPACTOS DE TODA ORDEM EM TODA REGIÃO EM SEU ENTORNO, NA CIDADE,… COMO “REFLEXO URBANO”, DE ACORDO COM SUAS NECESSIDADES DE LOCOMOÇÃO, MOBILIDADE,…

* A  Urbanização desta Estrada deu-se nos anos 80,90 através de “um programa” de uma MALHA VIÁRIA CHAMADA “ESTRADA DO TRABALHADOR” como uma Integração Metropolitana, mas foi urbanizada SEM PLANEJAMENTO ESTRUTURAL PARA MÉDIO/LONGO PRAZO, como se obedecendo os parâmetros populacional da época, sem as MÍNIMAS PREVISÕES FUTURAS, com a ocupação regional MUITO ALÉM DA MÉDIA MUNICIPAL, em um curto espaço de tempo EXTRAPOLOU TODA A CAPACIDADE VIÁRIA desta importante estrada, transformando-se rápida-mente EM UMA POTENCIAL ÁREA DE RISCO, onde em um curto espaço de tempo já CONTABILIZA VÁRIAS MORTES E FERIDOS COM SEQUELAS GRAVES, onde a FALTA DE SEGURANÇA, além do tráfego intenso de veículos de toda ordem com PAVIMENTO, ESTRUTURAS E SINALIZAÇÃO PRECÁRIA soma-se a este a precariedade e a inexistência de estruturas laterais para melhoria do fluxo e manobras  dos veículos E PASSEIOS PÚBLICOS ADEQUADO PARA SEGURANÇA DOS PEDRESTES, …

A PARTIR DESTE FATO PÚBLICO GRAVE iniciou-se na região uma farta discussão e cobranças dos órgãos públicos Afins com solicitações DE MELHORIAS VIÁRIAS correspondentes para esta via suas laterais e Adjacências, onde a SMT -secretaria de transporte e a EPTC – empresa pública de transporte, se fizeram presentes nas reuniões das comunidades ouviram as reclamatórias e proposições legítimas dos moradores e lideranças sobre as más condições do transito e tráfego regional desta estrada, mas “HOUVE UMA OMISSÃO GENERALIZADA” referente ao assunto em pauta, onde as ações efetuadas por estes departamentos Municipais FORAM E SÃO PALIATIVOS, REMENDOS CORRIQUEIROS E POPULISTAS, “UMA PERFEITA MAQUIAGEM”, algumas pinturas nas pistas SEM EFEITO PRÁTICO , UM EXCESSO DE SEMÁFOROS, LOMBADAS ELETRÔNICAS, PARDAIS, TACHÕES, BOLOTAS,  UMA QUANTIDADE DESNECESSÁRIA DE QUEBRA MOLAS, (inclusive em outras vias) TAPARAM ALGUNS BURACOS (os mais alarmantes, ou mais profundos, ETC.) “JOGANDO PARA ESCANTEIO” A VERDADEIRA PROBLEMÁTICA DESTE FATO, DESTA FLAGRANTE  E COMPROVADA ÁREA DE RISCO EMINENTE.

PROBLEMÁTICA II – TRANSBORDO DOS COLETIVOS NA RÓTULA (PD.21) Estradas João de oliveira  Remião/João Antonio da Silveira, NÃO HOUVE A URBANIZAÇÃO E MELHORIA DESTA RÓTULA, (OBS. existe Projeto Aprovado no CMDUA, Maio 2012) COMO CONSEQUÊNCIA OS ÔNIBUS FICAM ENFILEIRADOS NA ESTRADA JOÃO DE OLIVEIRA REMIÃO, OCUPANDO MEIA PISTA E CAUSANDO UM “ENFORCAMENTO VIÁRIO 24 HORAS”, E CONSEQUENTE-MENTE AGRAVANDO MAIS OS PROBLEMAS EXISTENTES.

PROBLEMÁTICA III – entre as PD. 15 e PD. 17, (Trecho de maior movimento) LOMBADA ELETRÔNICA (um Complexo “controlador de velocidade” de Cunho Político Comercial), COMÉRCIOS EM CIMA DOS PASSEIOS PÚBLICOS Colocando os Pedrestes em Risco,…

PROBLEMÁTICA IV – PAVIMENTAÇÃO da Estrada BECO DO DAVI, PD. 2, Trecho entre a Estrada João de Oliveira Remião, até o Arroio Agronomia, APROX. 300M, CONTRAPARTIDA  do projeto da CEITEC – Centro de excelência em Tecnologia, (Compensação documentada no momento da autorização da implantação do projeto, pela Prefeitura de Porto Alegre) 09 Anos se Passaram E,…onde esta a obra ? ! ? !  ( a EPTC  e a MAQUIAGEM, um capeamento Provisório, Precário onde Passam Todos os dias mais de MIL (1000) Alunos que estudam no COLÉGIO ONOFRE PIRES, a Prefeitura ao Invés de Melhorar as condições desta via, suas laterais, Passeios Públicos,…Coloca QUEBRA MOLAS ? ! ? !

PROBLEMÁTICA V – RÓTULA, AV. BENTO GONÇALVES/ESTRADA  JOÃO DE OLIVEIRA REMIÃO – Sem ACOSTAMENTOS, COMÉRCIOS em cima dos Passeios Públicos obstruindo e Prejudicando a  Acessibilidade dos Pedrestes, Transito de veículos, Poluição Visual, Propaganda, …

ESTES PALIATIVOS COLOCADOS EM TODA A EXTENÇÃO DA ESTRADA SÃO EMPECILHOS AO TRÁFEGO DE VEÍCULOS AO INVÉS DE MELHORIAS E SEGURANÇA NO FLUXO VIÁRIO, DESTA IMPORTANTÍSSIMA VIA QUE FAZ A CONEXÃO COMO  ANEL VIÁRIO LESTE/VIAMÃO, ZONA SUL E EXTREMO SUL DO MUNICÍPIO DE PORTO ALEGRE RS.   

UM FLAGRANTE E PROPOSITAL DESLEIXO PÚBLICO, SEM PRIORIDADES PARA A VIDA DAS PESSOAS E SEM QUALIFICAÇÃO PARA O TRÂNSITO DE VEÍCULOS.

 

* Estrada João de Oliveira Remião. 

REORDENAMENTO GLOBAL JÁ ! ! !

* ANEXO: Arquivo Fotográfico sobre os fatos aqui citados, e o Péssimo Estado do pavimento geral da Estrada, OBS. os registros foram efetuados em um dia sem umidade.

Eduíno de Mattos 

Anúncios

One response to this post.

  1. Posted by Cláudia on 1 de agosto de 2012 at 11:04 pm

    Qual será a proposta de nossos candidatos a prefeito, para resolver essa situação?

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: